rs_slogan
rs_boletim2
rs_compartilhe

Doutrina

Conceito, caracteristicas e modalidades de gêmeofobia


Autor:
NORBIM, Luciano Dalvi

1. CONCEITO DE GÊMEOFOBIA:

A gêmeofobia é a ação discriminatória(através de apelidos, insultos, postagens discriminatórias em redes sociais etc.) que alguém faz a algum gêmeo ou a vários gêmeos. A gêmeofobia também acontece quando alguém culpa um gêmeo pelos defeitos que o outro gêmeo tem. A gêmeofobia também acontece quando alguém diz que um gêmeo com seu comportamento expansivo faz com que o outro gêmeo seja tímido. Age com gêmeofobia quem diz que um gêmeo é o líder e o outro gêmeo é o que obedece. Toda forma de incitação à inimizade entre gêmeos é gêmeofobia. A gêmeofobia tem que acabar no país. É cabível uma ação de dano moral contra quem age com gêmeofobia.

A gêmeofobia é caracterizada também pela aversão que alguma pessoa tem ao ver dois irmãos gêmeos(gêmeos, trigêmeos etc.).

Todas as discriminações que os gêmeos sofrem por causa de sua condição são fundamentos para uma ação de dano moral contra quem realiza a discriminação.

Vejamos uma reportagem importante:

"E não são somente semelhanças físicas. Com quatro semanas de idade, Jim Lewis e Jim Springer foram separados e cada um deles teve uma família diferente. Quando se encontraram, anos mais tarde, descobriram que os dois tiveram um cachorro chamado Toy quando criança, além de terem carros...tudo da mesma marca.... A Universidade de Padova descobriu que os gêmeos são próximos um do outro desde o útero.... De acordo com uma pesquisa, os bebês gêmeos têm uma tendência a criarem suas próprias linguagens para se comunicarem um com o outro. Isso acontece com cerca de 40% dos gêmeos, antes de aprenderem a se comunicar com o resto do mundo."

2. CARACTERÍSTICAS DA GÊMEOFOBIA:

A gêmeofobia é caracterizada quando alguém trata com desprezo os gêmeos por causa de sua condição. A gêmeofobia também é caracterizada quando uma escola impede os gêmeos de estudarem na mesma sala. A família do gêmeo(quando este é menor) tem o direito de pedir a escola que os dois estudem na mesma sala. A família tem o direito de educar os filhos da forma que entendam ser a melhor para eles.

A gêmeofobia também é caracterizada quando alguma pessoa deixa de aceitar os gêmeos em sua amizade na rede social apenas por serem gêmeos. A gêmeofobia também é caracterizada quando alguém visa impedir através de zombações(tais como: "só vejo você e o seu irmão gêmeo caminhando", "é melhor você andar sozinho em vez de andar com seu irmão gêmeo" etc.) que os gêmeos sejam amigos.

A gêmeofobia também é caracterizada nas novelas e séries de televisão que utilizem gêmeos tratando a sua condição de forma indigna.

Também é caracterizada como gêmeofobia a atitude de alguém que incita outras pessoas a agirem com violência contra os gêmeos.

Cabe dano moral contra quem age com gêmeofobia. O artigo 186 do Código Civil consigna:

Art. 186 - Aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou imprudência, violar direito e causar dano a outrem, ainda que exclusivamente moral, comete ato ilícito.

3. MODALIDADES GERAIS DE GÊMEOFOBIA:

Vejamos algumas modalidades de gêmeofobia:

a) modalidade nº1: gemeofobia de natureza divisora: Esta gêmeofobia acontece quando alguém utiliza de zombações(tais como: "só vejo você e o seu irmão gêmeo caminhando", "é melhor você andar sozinho em vez de andar com seu irmão gêmeo" etc.) para que oprimir os gêmeos (gêmeos, trigêmeos etc.) e fazer com que eles deixem de ser amigos. Este tipo degêmeofobia pode gerar nos gêmeos um distanciamento da amizade para que evitar que sejam alvos de gêmeofobia se estiverem no mesmo ambiente(trabalho etc.) A gêmeofobia também acontece quando alguém culpa um gêmeo pelos defeitos que o outro gêmeo tem. A gêmeofobia também acontece quando alguém diz que um gêmeo com seu comportamento expansivo faz com que o outro gêmeo seja tímido. Age com gêmeofobia quem diz que um gêmeo é o líder e o outro gêmeo é o que obedece. Por isso, cabe uma ação de dano moral contra quem realizar uma ação de gemeofobia.

b) modalidade nº2: gemeofobia de natureza intelectual. Esta gêmeofobia acontece quando alguém desqualifica a inteligência dos gêmeos(gêmeos, trigêmeos etc.) com insultos(com zombações etc.) apenas por eles serem amigos. Quem age com gêmeofobia intelectual quer transformar uma grande qualidade(amizade de gêmeos) em um grande defeito(os gêmeofóbicos não suportam enxergar que os gêmeos são verdadeiros amigos).. Por isso, é cabível dano moral contra quem realizar uma ação de gêmeofobia.

c) modalidade nº3: gemeofobia de natureza opressora: Esta gêmeofobia acontece quando alguém chama os gêmeos(gêmeos, trigêmeos etc.) de apelidos depreciativos(ou insultos) de forma repetitiva, pessoalmente ou por rede social. Esta gêmeofobia é chamada de opressora, pois é feita de forma repetitiva por alguma pessoa que acaba minando(de forma opressiva) a alegria dos gêmeos. Por isso, cabe uma ação de dano moral contra quem realizar uma ação de gêmeofobia.

d) modalidade nº4: gemeofobia de natureza estética: Esta gêmeofobia ocorre quando algum familiar(ou pessoa de fora da família) quer impor(coagir por palavras, coagir por insultos, coagir com ameaças etc.) a um gêmeo que conserte algum problema estético(problema no dente, problema na face etc.) que o diferencia de outro gêmeo. Quem quer imporpor coação(através de palavras insistentes, através de insultos, através de ameaças, através zombações etc.) que o gêmeo que tenha algum problema estético realize uma operação cirúrgica age com gêmeofobia. O gêmeo que tenha algum problema estético tem o direito de decidir se quer corrigi-lo. É importante repetir que age com gêmeofobia quem quer obrigar(através de palavras, ameaças, zombações etc.) que o gêmeo com problema estético faça alguma operação cirúrgica para corrigir o problema. Por isso, cabe uma ação de dano moral contra quem realizar uma ação de gêmeofobia.

Importante ressaltar que age com gemeofobia quem quer dividir os gêmeos falando que o motivo do gêmeo que tem defeito estético não ir para a cirurgia é porque o outro gêmeo está incentivando que ele deixe de buscar o profissional. Quem coloca divisão entre gêmeos(dizendo que um é o mau e outro é o bom) é gêmeofóbico. É importante ressaltar que o gêmeo que não tem defeito estético não pode obrigar o gêmeo que tem defeito estético a ir para uma cirurgia. Por isso, age bem o gêmeo que não tem problema estético ao deixar que o gêmeo que tem problema estético decida por si mesmo o que é melhor para si(fazer a cirurgia ou não). O gêmeo que tem problema estético tem o direito de decidir sozinho se vai realizar algum procedimento cirúrgico corretivo ou não. Caso o gêmeo com problema estético queira passar toda a sua vida sem realizar a cirurgia é direito dele. O gêmeo com problema estético não pode ser obrigado por ninguém a realizar alguma cirurgia de correção de problema estético. Por isso, age com gêmeofobia quem quer impor por coação(através de palavras insistentes, através de insultos, através de ameaças, através zombações etc.) que o gêmeo que tenha algum problema estético realize uma operação cirúrgica(exemplo: cirurgia para corrigir problema no dente, cirurgia para corrigir problema na face etc.)

A gêmeofobia é um mal que precisa acabar no mundo inteiro. Por isso, é essencial que se promovam ações de dano moral contra aqueles que agem com gêmeofobia. O Poder Legislativo deve buscar editar uma lei que possa proteger os gêmeos para que não sofram com a gêmeofobia. Enquanto esta lei não é criada é importante que aqueles que sofrerem com a gêmeofobia por serem gêmeos promovam ações de danos morais contra aqueles que são gêmeofóbicos.

A gemeofobia é a discriminação dos gêmeos(gêmeos, trigêmeos etc.) por causa de sua condição. Ocorre a gemeofobia nas relações familiares quando um familiar discrimina os gêmeos. Cabe dano moral contra o familiar que excluir os gêmeos com fundamento em sua condição. Também cabe dano moral contra o familiar que zomba os gêmeos e trata-os sem dignidade. Cabe dano moral contra o familiar que desqualifica a capacidade intelectual dos gêmeos apenas porque eles são amigos. Por isso, é cabível o dano moral a todo aquele que for gêmeofóbico(isto é, agir com gêmeofobia). O artigo 186 do Código Civil consigna:

Art. 186 - Aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou imprudência, violar direito e causar dano a outrem, ainda que exclusivamente moral, comete ato ilícito.

O gêmeo tem direito a ser gêmeo. Por isso, cabe uma ação de dano moral contra o familiar que insultar(colocando apelidos pejorativos) os gêmeos. O dano moral não tem como objetivo enriquecer aquele que recebe o valor da indenização, mas sim impedir que comportamentos gemeofóbicos possam acontecer na sociedade.

Pode ser impetrada uma ação de dano moral contra os familiares que se recusarem a adicionar os gêmeos nas redes sociais se for provado que a recusa ocorre porque eles são gêmeos.

A gêmeofobia na família deve ser evitada. Os familiares devem tratar os gêmeos com dignidade. Por isso, é importante que a família incentive sempre a amizade dos gêmeos. Vejamos algumas características de ações na família que favorecem um ambiente familiar sem a gêmeofobia:

-Incentivar os familiares a chamarem os gêmeos pelo nome

-Incentivar os familiares a chamarem os gêmeos de "gêmeos" em vez de inventarem apelidos.

-Incentivar os familiares a adicionarem os gêmeos nas suas redes sociais

-incluir os gêmeos nas reuniões familiares

-Incentivar os familiares a se alegrarem com a amizade dos gêmeos

-Fazer campanhas que valorizem os gêmeos na família

Vejamos algumas modalidades de gêmeofobia na família:

a) modalidade nº1 - gemeofobia com fundamento na comparação: Esta forma de gêmeofobia acontece quando os familiares começam a comparar os gêmeos qualificando um e desprezando o outro. Os familiares devem buscar uma forma de exaltar as qualidades de cada gêmeo.

b) modalidade nº2- gemeofobia com fundamento na exclusão: Esta forma de gêmeofobia acontece quando os gêmeos sofrem exclusão pelos familiares. Os familiares devem buscar uma forma de incluir cada gêmeo.

c) modalidade nº3 - gemeofobia com fundamento na repetição de apelidos: Esta forma de gêmeofobia acontece quando os familiares inventam vários apelidos para os gêmeos e repetem sempre que os encontram. Os familiares devem buscar fazer campanhas contra a gêmeofobia na família.

d) modalidade nº4 - gemeofobia com fundamento na acolhida de um gêmeo ao mesmo tempo em que exclui o outro: Esta forma de gêmeofobia acontece quando os familiares valorizam um gêmeo e desprezam o outro gêmeo. Ocorre esta gêmeofobia quando um gêmeo é desvalorizado na frente do outro irmão gêmeo. Outro exemplo de gemeofobia é a situação em que um gêmeo é convidado para uma festa da família e o outro gêmeo é excluído do mesmo convite.

e) modalidade nº5 - gemeofobia com fundamento na valorização de um gêmeo ao mesmo tempo em que desvaloriza o outro: Esta forma de gêmeofobia acontece quando os familiares valorizam um gêmeo chamando-o para ocupar um cargo importante na empresa familiar e desprezam o outro gêmeo deixando-o desempregado. Se os dois gêmeos são capacitados para trabalhar na empresa familiar é importante que tenham cargos de semelhante importância.

f) modalidade nº6 - gemeofobia com fundamento na tentativa que algum familiar faz de dividir os gêmeos colocando um contra o outro: Esta forma de gêmeofobia acontece quando algum familiar faz alguma ação com o objetivo de colocar um gêmeo contra o outro. É preciso valorizar e incentivar a amizade dos irmãos gêmeos.

g) modalidade nº7 - gemeofobia com fundamento na imposição de limitação às palavras dos gêmeos: Esta forma de gêmeofobia acontece quando algum familiar impõe que os gêmeos não podem falar ao mesmo tempo. O familiar que pede para cada gêmeo falar de uma vez age com gêmeofobia, pois quer cercear o direito dos gêmeos se comunicarem ao mesmo tempo. Os gêmeos tem uma característica comum de entendimento facilitado que auxilia uma comunicação em que quando um fala o outro já tem o que dizer também. Por isso, age com gêmeofobia quem impede os gêmeos de se comunicarem ao mesmo tempo.

Vejamos uma reportagem importante sobre o tema:

Câmara aprova garantia de mesma escola pública para irmãos

Da Agência Câmara 15/10/200922h26

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara aprovou na quarta-feira (14) o Projeto de Lei 48/07, do deputado NeiltonMulin (PR-RJ), que garante a irmãos o acesso ao mesmo estabelecimento de ensino público, próximo à residência. A proposta altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA, Lei 8069/90) e proíbe ainda a separação de irmãos gêmeos. De acordo com a relatora...Sandra Rosado (PSB-RN), o autor argumenta que a separação de gêmeos é particularmente danosa porque especialistas afirmam que a simbiose entre gêmeos é natural e a separação é uma grande violência contra as crianças.

h) modalidade nº8 - gemeofobia com fundamento na imposição de amizades exclusivamente própria para cada gêmeo: Esta forma de gêmeofobia acontece quando algum familiar impõe que cada gêmeo deve ter a sua amizade própria. È gêmeofobia obrigar cada gêmeo a ter uma amizade própria. Não vivemos num aquário isolado, mas sim num mar cheio de peixes. Quer dizer, o gêmeo tem direito a partilhar com o seu irmão gêmeo as suas amizades e vice e versa. O mundo é feito para a partilha e não para a posse. Isto vale para todas as pessoas. Quanto mais partilhamos amizades mais somos felizes.

i) modalidade nº9 - gemeofobia com fundamento na imposição de opinião própria para cada gêmeo: Esta forma de gêmeofobia acontece quando algum familiar impõe que cada gêmeo tenha a sua própria opinião. O gêmeo tem o direito a ter a mesma opinião do seu irmão gêmeo. È gêmeofobia impor que os gêmeos tenham opiniões diferentes. A liberdade de opinião é essencial. Por isso, os gêmeos tem direito a terem a mesma opinião se assim quiserem. Age com gêmeofobia o familiar que despreza a opinião dos irmãos gêmeos apenas por eles terem a mesma opinião sobre o assunto. O gêmeo tem o direito de ter a mesma opinião do seu irmão gêmeo.

Os gêmeos devem encontrar na família um lugar propício para desenvolverem a sua amizade. Os gêmeos devem ter a acolhida da família para que se sintam incluídos em todos os momentos. O gêmeo que for discriminado na família pode ingressar com uma ação de dano moral contra o familiar que o discriminou.

NOTAS:

(1) https://www.megacurioso.com.br/comportamento/43059-15-curiosidades-sobre-irmaos-gemeos-que-voce-nem-imaginava.html. Acesso em 15/02/2018.

(2) https://educacao.uol.com.br/noticias/2009/10/15/camara-aprova-garantia-de-mesma-escola-publica-para-irmaos.htm. Acesso em 14/02/2018.

Produtos Online


Esqueci minha senha

b_teste_gratis
pixel